sensores-de-presença
Sensores de presença - Leia o conteúdo e saiba para que serve os sensores de presença e como instalá-los em locais com ou sem interruptores.

Sensores de presença – Para que serve? 

Olha, você está ligado que os sensores de presença não são uma parada só de segurança da casa contra invasores, né? É preciso também ter uma luz maneira para não levar um tombo e quebrar a cara. 

Ainda mais se tiver vovô e criançada no local. Por isso, esse trem de sensor de presença é bom demais da conta, seja na sua casa, no trampo ou comércios.

Então, saca só:  Quando ele vê um movimento, ele pode acender uma lâmpada, abrir uma porta, tocar o alarme ou até soltar uma neblina daquelas de filme de ação. 

E o melhor é que ele faz tudo isso sem você ficar suando frio. Dessa forma, essa parada simples de automação rola em casa, nas lojas, nos prédios de firma, até naqueles consultórios e clínicas médicas. 

Então, fica de olho que eu vou te contar para que serve os sensores de presença e como instalá-los em locais com ou sem interruptores. Mas antes de qualquer coisa, se você não tem confiança em fazer sozinho, chame um eletricista instalador para realizar um trabalho de qualidade. 

E aí, bora botar mais segurança nessa quebrada?

Para que serve sensores de presença? 

Olha só, quando esses sensores de presença percebem um movimento, eles acionam um dispositivo chamado de relé, fechando o circuito elétrico e deixando eletricidade passar. 

E aí fica fácil para senhora eletricidade fazer o seu serviço e trabalhar junto com o sistema desses setores. Essa é uma função das boas, viu? 

Desse modo, posso dizer que os sensores de presença tem um monte de funcionalidade dentro da sua casa ou do seu trabalho, dentre elas: 

  • Ele acende as lâmpadas para ninguém ficar no escuro, né? 
  • Aciona alarmes como um grito de socorro, imagina se tem um invasor?
  • Também pode abrir portas de correr, olha que fino hein?  
  • Para os invasores de plantão, onde tem sensores de presença, tem também geradores de névoa, viu?  

Geralmente a gente usa esse sensor de presença para iluminar a entrada de casa, nos quintais e até nos prédios. 

O hall do prédio e a entrada da casa são os melhores lugares para botar esse sistema. Sabe porque, meu querido: Ele acende a luz de forma automática, sem a gente ter que fazer nada.

Se você não quiser chamar um eletricista, pode tentar fazer por conta própria. Vou te mostrar o caminho das pedras. Mas, atenção: É sempre bom contar com um eletricista profissional para te ajudar nessas horas. 

imagem 

Como realizar a instalação de sensores de presença? 

Olha, meu chegado, antes de qualquer coisa preste atenção: Você num pode nem pensar em começar mexer com esses fios elétricos sem dar uma conferida boa pra ter certeza de que tá tudo desligado, hein? 

Borá aprender como realizar a instalação de sensores de presença? 

Sensores de presença sem interruptores 

No caso dos sensores de presença sem interruptores, a lâmpada acende e apaga só pelo toque do sensor, sem precisar de botão nenhum. Isso você já sabe, né meu camarada? 

Por isso, esse carinha tem a função de economizar energia, deixando só um tiquinho de corrente para manter o trem funcionando.

Agora, vamos colocar isso aí no esquema, veja bem: 

1º PASSO: Abre os fios que tão ali e olha com jeito pra achar o neutro e o fase do sistema elétrico;

2º PASSO: Encaixe esses fios nos lugares certinhos do sensor, o fase no fase e o neutro no neutro;

3º PASSO: Agora, você pega a fiação da lâmpada e liga ela nesse circuito elétrico. Joga o neutro na entrada da lâmpada que combina;

4º PASSO: Daí, use um cabo de retorno para ligar a outra fase da lâmpada no sensor de presença. Assim, fica menos chance de levar um choque quando for mexer na lâmpada.

Sensores de presença com interruptores 

Agora, meu fiote, temos a opção de meter um interruptor também, sacou? 

Desse modo, você tem um controle absoluto, fica acesa ou apagada. Esse negócio é mais útil dentro de casa, por exemplo. 

Bora aprender como que faz? 

1° PASSO: Siga os passos de cima para ligar o sensor de presença no sistema elétrico do lugar. Daí, liga a lâmpada no circuito e no sensor;

2º PASSO: Agora, pra botar o interruptor, pega um cabo que sai da ligação entre a lâmpada e o sensor. Encaixe ele na primeira entrada do interruptor;

3º PASSO: Depois, puxa outro cabo dali, pra conectar o fase que vai no sensor na entrada de baixo do interruptor;

4° PASSO: É isso! Assim, você fica com o sensor de presença e o interruptor trabalhando juntos, para deixar a luz acesa o tempo que precisar.

ATENÇÃO: Antes de iniciar os trabalhos por aí, vê se a voltagem da eletricidade é 110V ou 220V, e confirma se o sensor aguenta essa voltagem. Precisa tudo tá muito certinho, viu? Se não pode dar ruim. 

Conclusão 

No mais, esses sensores de presença, geralmente, tem uma série de funções muito top, é o queridinho dos eletricistas. Por isso, tenho certeza que vai te atender bem em casa ou no trabalho. 

Agora, se quiser mais informações sobre essas funcionalidades todas, basta acessar os sites da Qualitronix ou de outras empresas que trabalham com esse sistema. 

Não posso ir embora, sem deixar minha dica especial para você: 

Se não manja muito de elétrica, chame um eletricista instalador para te ajudar, é mais seguro e confiável e ela vai resolver seu problema sem dores de cabeça. 

Um abração e até o próximo conteúdo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *