quantos-kwh-gasta-um-motor-de-15cv
quantos kwh gasta um motor de 15cv - Leia o conteúdo completo e fique por dentro das melhores dicas para eletricistas profissionais

Quantos kwh gasta um motor de 15cv – Saiba aqui! 

Fala, meus queridos, tudo massa? Já quis saber quantos kwh gasta um motor de 15cv? E aí, se alguém um dia te perguntar, qual o consumo mensal de um motor de 5cv? Você saberia responder assim “na lata”? SIM ou NÃO?

Se sabe, acompanhe este texto até o final para confirmar se está sabendo de verdade! Se não sabe, aí você tem que ler mesmo para aprender!

E, claro, você tem a oportunidade de ser um eletricista referência! Não ter medo na hora de executar um trabalho. Ter orçamentos que fecham. Tudo isso pode estar a um clique de distância!

Desse modo, para dar um novo passo na sua vida e se tornar o melhor eletricista profissional da sua região, conheça o curso da Engehall. 

Agora vamos ao que interessa! 

Fórmula para CALCULAR quantos kwh gasta um motor de 15cv

E aí, galera! Se liga nessa receita mágica para descobrir quantos kwh gasta um motor de 15cv. Sendo assim, vai ter que tirar a ficha completa do tratorzão, anotar uns dados e botar a cuca pra funcionar. 

Tá pronto? Então, presta atenção no que você vai precisar:

  • Pu = Potência útil no eixo (cv, kW) “que pode ser em cavalos ou quilowatts”
  • Pa = Potência absorvida da rede (kW) “que aí sim é em quilowatts”
  • n = Rendimento do motor (%) “que é dado em porcentagem”
  • h = Tempo de uso diário
  • d = Dias de uso 
  • R$/kWh = Valor do quilowatt hora da sua região 

E para calcular o consumo de qualquer motor? 

Agora, deixa eu te contar umas paradas desse exemplo que eu escolhi, um motorzinho de 5cv que manda ver com 90% de eficiência. Por isso, esse bicho aqui é tipo um ninja das máquinas, sabe? Ele opera assim:

  • Pu = 5 cv
  • n = 90% de rendimento (90/100 = 0,9)
  • h = 1 hora por dia
  • d = 30 dias
  • R$/kWh = R$ 1,00 (com impostos)

Aí, a potência boa desse motorzão é 5cv, beleza? Se liga, que cada cavalo de potência é mais ou menos 0,736 quilowatts. Então, bora fazer as contas: 5cv vezes 0,736kW é igual a 3,68kW. Firmeza até aqui?

Mas o que fazer com esse cálculo?

Agora que já botamos a potência boa desse motor em quilowatts, partiu descobrir o quanto ele suga da rede. A conta é tipo assim:

Pa = Pu / n (potência útil dividida pelo rendimento)

Traduzindo: 3,68 dividido por 0,9 (porque esse motor é ninja, mas não é perfeito, tem 10% de energia que some no caminho). O resultado disso é 4,088 quilowatts. Beleza?

Agora, vamos pro lado financeiro da parada. Para saber quanto custa esse motor funcionando uma hora por dia durante 30 dias, temos que fazer uma conta maluca:

Custo = Potência absorvida x tempo de uso diário x dias de uso/mês x valor do quilowatt-hora

Traduzindo de novo: 4,088 quilowatts x 1 hora x 30 dias x R$1,00 (porque a energia não tá fácil pra ninguém). O resultado desse rolo todo é R$122,64 por mês. Tá ligado?

Resumo de quantos kwh gasta um motor de 15cv

Então é isso, rapaziada! Se o motorzinho rodar uma horinha por dia, e a gente multiplicar isso por 30 dias no mês, o estrago vai ser de R$122,64. Facinho de entender, né?

Pô, maneiro demais, não é? Tô gostando da parada!

Agora, ó, duas perguntas que sempre pintam por aí e que eu vou desvendar agora mesmo.

Primeiro mistério

“Se eu trocar a potência do motor, essa fórmula ainda vale?”

Claro que sim, meu chapa! Só ajuste os números, calcule a potência que o motor suga da rede e pronto! 

Vale para qualquer alteração que você queira fazer, tipo mudar o tempo de funcionamento, os dias de uso, ou até o preço do quilowatt. Tudo na medida do freguês!

Segundo mistério

“E aí, essa matemática serve para motor trifásico ou só pros monofásicos?”

Ou seja, a voltagem do motor não tem dedo nesse cálculo. Nem uma vez a gente precisou meter a tensão nas fórmulas, sacou?

Mas, só pra deixar claro, quando for projetar o motor ou o circuito que alimenta a fera, aí sim a voltagem é essencial. É ela que vai dizer a corrente, e daí você calcula o fio, as tubulações, e por aí vai! 

Conclusão 

Chegamos ao final desse rolê pelo mundo dos motores e seus segredos matemáticos. Portanto, espero que a explicação tenha sido tão clara quanto água de fonte e que agora vocês estejam se sentindo verdadeiros mestres na arte de calcular o consumo dessas máquinas poderosas.

O truque é simples: anota os números do motor, enfia na fórmula, e pronto, descobre quanto vai desembolsar no final do mês. R$122,64 se o bicho rodar uma horinha por dia. Nada mal, né?

E aí, curtiram a aula? Ficaram com alguma pulga atrás da orelha? Mas, lembrem-se, qualquer mudança nos dados, é só fazer a dança dos números de novo. Sejam criativos, adaptem a fórmula ao que precisarem!

Ah, e sobre aquelas perguntinhas comuns que surgem, agora vocês estão afiados: podem mudar a potência do motor à vontade, e essa fórmula ainda segura a onda. E motor trifásico ou monofásico? 

Relaxa, a voltagem não entra na jogada do consumo, mas na hora de projetar, ela é a estrela do show.

Então, bora lá, pessoal, botar esse conhecimento em prática! Se precisarem de mais dicas ou se tiverem mais mistérios elétricos, tamo junto. 

Até a próxima, elétricos e elétricas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *