como-fazer-instalação-eletrica-residencial
Como fazer instalação elétrica residencial - Aqui vamos te ensinar tudo sobre esse tipo de instalação e como um eletricista pode ajudar!

Como fazer instalação elétrica residencial – Saiba aqui! 

Realizar uma instalação elétrica do zero pode gerar muitas dúvidas: Como fazer instalação elétrica residencial? Por onde começar? Como planejar o primeiro passo ou em qual momento devo passar os cabos? 

Essas devem ser algumas das inúmeras dúvidas que surgem quando o assunto são as instalações elétricas. Pensando nisso, separamos um conteúdo recheado de informações sobre como fazer e tudo o que precisa para realizar essa instalação do zero. 

Mas antes de qualquer informação, lembre-se: Contar com um profissional da Elétrica responsável e competente, pode garantir o sucesso desse procedimento e a segurança da sua residência e família. 

Então, não perca a oportunidade de entrar em contato com um eletricista de sua confiança. 

Você está preparado para este passo a passo completo e didático? Então, vamos lá! 

Planejamento de como fazer instalação elétrica residencial 

O primeiro passo de como fazer uma instalação elétrica residencial é realizar o planejamento. 

Ou seja, defina com o seu eletricista quais eletrodomésticos e equipamentos serão utilizados, a quantidade de tomadas, os pontos de iluminação, entre outros detalhes. 

Sendo assim, este planejamento garante que você saiba quantos circuitos são necessários, a potência necessária para alimentá-los e como dimensionar adequadamente os cabos e proteções.

O próximo passo está justamente em definir tudo o que será necessário para fazer a instalação elétrica residencial. Vamos ao tópico seguinte, então? 

O que é necessário para fazer instalação elétrica residencial? 

 Condutores e Disjuntores:

  • O condutor mínimo recomendado para o circuito de iluminação é o de 1mm². Este condutor suporta uma corrente de até 17A.
  • A instalação é feita considerando o método B1, onde os condutores são embutidos em alvenaria. O sistema será configurado para dois condutores carregados, ou seja, fase e neutro.
  • Para o circuito de iluminação, o disjuntor a ser utilizado será de 10 amperes.

Materiais Necessários:

Supondo uma casa de cinco cômodos, vamos lá: 

  • Cinco lâmpadas (uma para cada cômodo).
  • Cinco interruptores (um para cada cômodo).
  • Cabos de 1mm² para fase e neutro.
  • Um disjuntor de 10 amperes.
  • Dez conectores para emendas na fase e no neutro.

Instalação das Caixinhas de Passagem e Conduítes

Uma vez definidos os pontos de iluminação e tomadas, o próximo passo é instalar as caixinhas de passagem e os conduítes (eletrodutos) nas paredes, lajes e pisos. 

Sendo assim, estes conduítes protegem os cabos elétricos e devem ser escolhidos conforme a resistência necessária para cada tipo de instalação. 

Além disso, é crucial escolher caixinhas de passagem resistentes e adequadas para a instalação.

Mas, afinal, qual o momento de realizar o aterramento elétrico? 

Aterramento Elétrico

Desse modo, o aterramento elétrico protege as pessoas contra o risco de choques elétricos. Ou seja, ele direciona correntes elétricas para o solo em caso de falhas internas nos equipamentos ou curto-circuitos.

Procedimento de como fazer instalação elétrica residencial

Conexão Neutra:

  • A partir do quadro de distribuição, o condutor neutro é direcionado para a caixa de luz no teto de cada cômodo.
  • No teto da sala, derivamos um condutor neutro do principal para conectar na lâmpada.
  • O mesmo procedimento é repetido para os quartos, banheiro e cozinha.
  • Em cada caixa de luz do teto, é feita uma emenda no neutro para derivar para a lâmpada. No total, foram feitas cinco emendas no neutro.

Conexão Fase e Interruptores:

  • No quadro de distribuição, iniciamos a distribuição do condutor fase.
  • Na caixa de luz da sala, fazemos uma derivação do condutor fase para o interruptor e, em seguida, retornamos com um condutor para a lâmpada.
  • Este mesmo procedimento é realizado em todos os cômodos.
  • Em cada caixa de luz do teto, é feita uma emenda na fase para derivar para o interruptor. No total, foram feitas cinco emendas na fase.

Agora, qual é o próximo passo? 

Passagem dos Cabos e Montagem do Quadro de Distribuição (QDC)

Após planejar e preparar a infraestrutura, inicie a passagem dos cabos a partir do quadro de distribuição. 

Dessa forma, os cabos chegarão às caixas de passagem no teto e, a partir daí, serão derivados para as caixinhas nas paredes. 

Uma vez que, passados os cabos, o próximo passo é instalar tomadas, interruptores e luminárias. 

Assim, neste momento, também ocorre a montagem do quadro de distribuição, considerada por muitos profissionais uma das etapas mais gratificantes do processo.

Vamos aos testes de como fazer instalação elétrica residencial? Será que funcionou? 

Qual o resultado dos testes de como fazer instalação elétrica residencial? 

Por fim, é essencial realizar testes para garantir que tudo esteja funcionando corretamente. 

Portanto, verifique os disjuntores, a continuidade, a funcionalidade das tomadas e luminárias, as polaridades, a queda de tensão, entre outros testes necessários.

Se ao final dos testes, estiver tudo funcionando, você brilhou e sua instalação elétrica deu certo! 

Conclusão

Por último, mas não menos importante, para realizar uma instalação elétrica do zero, é crucial um bom planejamento, conhecimento técnico e atenção às normas regulamentadoras e boas práticas da profissão de eletricista. 

Pensando nisso, a presença de um profissional formado em seu projeto é indispensável para garantir maior segurança em suas instalações. Em outras palavras, seguindo estes passos, é possível garantir a segurança da instalação e das pessoas envolvidas.

No entanto, agora que você sabe como fazer instalação elétrica residencial do zero, é importante destacar: Para cada emenda feita, tanto no neutro quanto na fase, é possível utilizar fita isolante ou conectores.

Além disso, considerando as emendas no neutro e na fase, um total de dez conectores pode ser utilizado para completar a instalação.

Um grande abraço e até as próximas dicas! 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *